segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

São Tantas As Palavras Nulas



















São tantas as palavras nulas
que trazem sentimentos vãos
impregnados de de um nada
que toma tanto espaço
de um vazio que abstrato.

Palavras informes
disformes ,
sem sentido
que a mais leve brisa
carrega levando pra longe
não deixando nem lembrança.

Palavras nulas
sentimentos vãos
mentes que ja não produzem
coração que não sente
mais.

Catiaho Alc
Reflexo d' Alma
http://reflexodalma.blogspot.com.br/2017/04/palavras-nulas.html

Ilustração : Jovem com livro, 1895

Filipp Andreevich Malyavin (Rússia, 1869 — França, 1940)

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

UMA LIÇÃO, AINDA ASSIM



Meus poemas falam muito de fim.
Muitos não gostam deles ou de mim.

Não lhe conheço e isso é meio um abuso,
mas falo por não saber se você sabe:
Há poemas que existem
apenas para que você os deteste.

Alguns outros podem salvar sua alma.

SAMMIS REACHERS
São Gonçalo/ RJ

Ilustração:

'Nias sentadas leyendo' - José de Almada Negreiros

sábado, 2 de dezembro de 2017



alguns poemas me fazem lúcido, alguns poemas me deixam tonto, outros me fazem assassino, outros  me  fazem comilão, em alguns poemas eu voo, em outros rastejo, alguns me envenenam, outros me  encenam, alguns são ópios, outros televisão, alguns poemas me iludem, outros me entristecem; alguns poemas me fazem querer pegar um avião para Paris; outros me fazem querer ficar na cama; alguns são beijos; outros são nocautes; uns me fazem rir; outros madrugar, nenhum me ressuscita... são pálidos como dias de manteiga no asfalto quente...

Paulo Mohylovski
https://www.facebook.com/paulomohylovski


Ilustração: "Cherubini com o musa da poesia lírica", óleo sobre tela por Jean Auguste Dominique Ingres (1780- 1867) .

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Para Ben


Toda madrugada eu acordo, seja por susto, barulho, ou mesmo só por acordar. Mas não saio da cama, fico ali, olhando na direção da minha janela com as cortinas abertas, e sabe o que eu vejo? Uma estrela, solitária com o brilho tão radiante que consegue ficar maior que as outras e ofuscá-las. E toda noite está lá, até com o tempo um pouco nublado, como se tivesse me olhando, me vigiando, me protegendo, eu diria até que eu poderia sentir seu toque. Não conte a ninguém, mas dei seu nome a ela, porque ela se parece contigo com esse jeito radiante de transmitir alegria, e também é o único jeito de te sentir perto de mim, de não me sentir sozinha. Você sempre quis ser estrela, agora é minha estrela protetora.


Carina Lima/Epístolas para Ben.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

LIVROS RECEBIDOS – HUMBERTO DEL MAESTRO

Recebemos e agradecemos o envio do livro “Ditos, Adágios e Aforismos, quinto volume”, de Humberto Del Maestro, gentilmente nos enviado pelo autor, diretamente de Vitória, ES.


Impressão e acabamento: Grafitusa S/A, Vitória,ES
Endereço do autor: Rua Aurora de Aguiar Pereira,171/702,Ed.San Juan, Jardim Camburi, Vitória, ES, Cep: 29090-310


-

-
INCOMPREENSÃO
Humberto Del Maestro,
“ Quando somos eixos da incompreensão, não há travesseiro macio nem posição cômoda na cama que nos auxilie a conciliar o sono”.

-
VERDADES
Humberto Del Maestro,
“ É preferível ser criticado dizendo verdades do que ser aplaudido espalhando infâmias.”
-
OPINIÕES
Humberto Del Maestro,

“ Antes de emitir precipitadamente seu parecer, pergunte dez vezes ao coração se você não está enganado”
-

FUTURO
Humberto Del Maestro,
“O futuro é tão somente uma perspectiva”
-

Humberto Del Maestro, natural de Vitória-ES, nasceu a 27 de março de 1938. Concluiu todos os seus estudos na mesma cidade. Já se dedicou ao teatro, com inúmeras peças escritas e encenadas. É poeta, contista, exerce a crônica e o ensaio. Dedica-se ainda à crítica literária. Possui os seguintes livros publicados: - de poesia LANY, POESIAS MODERNAS, SERÔDIOS, PAVANAS / MINHA MENINA, BONINAS / SONETOS, TROVAS & HAICAIS, SONHOS E CANÇÕES, BREVES, VERSOS DE ONTEM e VERSOS DE HOJE - de prosa ESTÓRIAS DO MORRO DO PINTO E OUTRAS ESTÓRIAS (contos) e KAVAKOS (Ditos, Adágios e Aforismos). Em preparo, inúmeros livros de poesias, contos, crônicas e um conto infantil.



In: https://letrastaquarenses.blogspot.com.br/p/humberto-del-maestro-haicais-e-trovas.html?view=classic

terça-feira, 3 de outubro de 2017

SOLIDÃO LETAL




O silêncio que abranda
o barulho da solidão letal
Feito brasa que consome
Amanhecidas noites sem luar
Dispersa o brilho d’alma
Em universos vendavais

Ah, quem dera um dia ser
As flores do caminho
Em primaveras alegres
Sob o sol de Setembro
Bradando a mais pura felicidade
Da vida fatal
Que nos consome
Todos os dias em silêncio

Adão Wons

Adão é editor do fanzine Cotiporã Cultural
Facebook.com/poetaadaowons

Ilustração: Afa Vasquez


quinta-feira, 7 de setembro de 2017

LIVROS RECEBIDOS- HUMBERTO DEL MAESTRO


















Recebemos e agradecemos o envio do livro “Ditos, Adágios e Aforismos, quinto volume”, de Humberto Del Maestro, gentilmente nos enviado pelo autor
, diretamente de Vitória, ES.

Impressão e acabamento: Grafitusa S/A, Vitória,ES

Endereço do autor: Rua Aurora de Aguiar Pereira,171/702,Ed.San Juan, Jardim Camburi, Vitória, ES, Cep: 29090-310


















-
INCOMPREENSÃO
Humberto Del Maestro,

“ Quando somos eixos da incompreensão, não há travesseiro macio nem posição cômoda na cama que nos auxilie a conciliar o sono”.
-
VERDADES
Humberto Del Maestro,

“ É preferível ser criticado dizendo verdades do que ser aplaudido espalhando infâmias.”
-
OPINIÕES
Humberto Del Maestro,

“ Antes de emitir precipitadamente seu parecer, pergunte dez vezes ao coração se você não está enganado”


FUTURO
Humberto Del Maestro,

“O futuro é tão somente uma perspectiva”
-
Humberto Del Maestro, natural de Vitória-ES, nasceu a 27 de março de 1938. Concluiu todos os seus estudos na mesma cidade. Já se dedicou ao teatro, com inúmeras peças escritas e encenadas. É poeta, contista, exerce a crônica e o ensaio. Dedica-se ainda à crítica literária. Possui os seguintes livros publicados: - de poesia LANY, POESIAS MODERNAS, SERÔDIOS, PAVANAS / MINHA MENINA, BONINAS / SONETOS, TROVAS & HAICAIS, SONHOS E CANÇÕES, BREVES, VERSOS DE ONTEM e VERSOS DE HOJE - de prosa ESTÓRIAS DO MORRO DO PINTO E OUTRAS ESTÓRIAS (contos) e KAVAKOS (Ditos, Adágios e Aforismos). Em preparo, inúmeros livros de poesias, contos, crônicas e um conto infantil.



















-














In: https://letrastaquarenses.blogspot.com.br/p/humberto-del-maestro-haicais-e-trovas.html?view=classic

Ilustração: José Moniz