domingo, 12 de setembro de 2010

VERSOS LIVRES # 08

No post de hoje, a segunda parte da edição nº 08 do fanzine Versos Livres, editado em Guarulhos, São Paulo,
As ilustrações que acompanham alguns poemas são de Henri Matisse.

versos oito

NÃO IREMOS EMBORA
Tawfik Az – Zayad

Aqui sobre vossos peitos
persistiremos .
Como uma muralha
em vossas goelas.

Imperturbáveis.
E em vossos olhos
como tempestades de fogo .

Aqui, sobre vossos peitos,
persistiremos. Como
uma muralha. Famintos .
Nús. Provocadores.

Declamando poemas.
Somos os guardiões
da sombra, das laranjeiras
e das oliveiras.

Semeamos idéias
como fermentos na massa.

Nossos nervos são de gelo,mas nossos corações
vomitam fogo.

( poesia palestina de combate). Extraído do
excelente jornal “O Capital” , de Aracaju/SE

*

FORTALEZA
Rose de Arruda

Pensas que eu nasci assim ?
Eu aprendi a ser forte !

Tive horas de treinos nas ruas,
Nas embrulhadas que arrumava
Nas teorias tolas das práticas
Esmurradoras e castigantes.

Eu aprendi a ser forte.

Hoje, se as coisas engrossam
Não uso o coração, e assim,
evito morrer de um enfarto..

Sensibilidade é bom,
dá diploma,
Emoção é bom, nos sustenta.
Medo é bom, nos impulsiona.

Mas usar da razão
nos mostra o caminho certo
Viver do possível é ponderante
Menos arriscado
pouco perigoso

Fortaleza ... Seja sempre uma
E assim, eu aprendi a ser Forte.

Rose é da cidade de Cuiabá/MT .
Blog : http://falabrasil.ning.com/profiles/blog/list?user=38d6gesfhhhib&xg_source=activity

matisse4

VASO
Antunes Savas

Sou um vaso
vaso Chinês
brilhando sobre um altar

Passo a ser notado
admirado tocado e caro
De repente flutuo no ar
Antes mesmo de pensar
viro cacos estilhaçados

Maiores informações em http://grupoouroverde.blogspot.com/2008_06_01_archive.html

Z7clO4FPpB3snRpgg8St

SONETO AOS 77 ANOS
Miguel Russowsky

Repousar ? Não cogito. Tenho brio
em confeitar com rimas meu cansaço
Acendo tantas luzes no que faço
Que até parece um fósforo bravio.

Se galopo na insônia ?..sim, e faço
Sendo de amor, o tema mais sadio
(nunca destes que exaltem muito o cio)
Vulgaridade em mim não tem espaço

E tudo às claras,que sou fã da aurora,
Sou fã do riso e da canção sonora..
Velhice ! ? Qual ?..não ouço seu recado

Sinto que a vida é cada vez mais bela !
E a morte ?..Amigos, nem me falem dela
Morrer não posso. Estou muito ocupado.

http://artculturalbrasil.blogspot.com/2009/01/miguel-russowsky.html

*

PERE LACHASE
Tom

não vou pedir para ser
lavado
maquiado
cremado

não quero autográfos
ou embalsamento

só espero
que Deus seja gostoso
ou o diabo tesudo

estou farto
de gente insípida neste mundo

(Como vocês já sabem, o que se quiser saber sobre Tom está no seu blog : paredesteto.blogspot.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário