domingo, 19 de dezembro de 2010

Livros Recebidos


CHUVA LIRIAL DE TROVAS

CHUVA LIRIAL
Henny Kropf

Fazemos um hiato no conteúdo do Versos Livres , para agradecer mais um livro recebido na redação do fanzine.
Dessa vez, trata-se do livro da premiada poetisa e trovadora da cidade de Cantagalo, mencionado na edição nº 21, de Versos. 
-
O livro foi impresso por Tipocan - Indústria Gráfica Ltda
-
A capa foi idealizada pela autora e desenhada por Joubert Vieitas,
sendo a arte final de Leonardo Basílio Silva
-
Revisão : Pedro Figueira da Silva e Henny Kropf
-
Endereço da autora : Rua Euclides da Cunha,116 - Centro - Cantagalo - Cep 28.500-000
-
O prefácio do livro é do escritor  Humberto Del Maestro , seguindo-se depoimentos à guisa de apresentação de Abeylard Pereira Gomes e Eno Teodoro Wanke e dedicatórias para a autora em forma de trovas de Abel B. Pereira, Anita Tomás, Pedro F. da Silva, Fernanda M. de Assis, José Roberto C. de Souza, Adalto M. Machado e Humberto Del Maestro.
-
A autora dedica seu livro aos trovadores.
-
Na orelha do livro, nas páginas finais e na contra capa encontram-se cerca de 50 depoimentos sobre o trabalho de Henny, seus dados biográficos, sociedades literárias das quais faz parte , prêmios literários,livros publicados e relação de jornais, revistas e periódicos que publicaram seus  trabalhos.
-
A seguir, uma pequena amostra das trovas constantes no livro :

beija_flor

TROVAS
Henny Kropf

No meu jardim vive e canta
um beija-flor mui airoso,
que a todos sempre ele encanta
com o seu porte garboso

Um galante beija-flor
colorido e mui gentil,
voava em busca de amor
no meio de flores mil.

Ao mar, atirei ao léu
pedacinhos de ilusão,
que foram subindo ao céu
e formando um coração.

Olho o céu... depois o mar...
Um barco na imensidão,
uma página a flutuar
os sonhos de um coração.

Não deixe nunca, esperança,
sem destino os viajantes.
Lance-os ao mar da lembrança,
entre as ondas verdejantes

Um comentário:

  1. Gostei da Preview, e os dados do livro estão bem claros, parece ser uma ótima indicação.

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir