sábado, 12 de março de 2011

LIVROS RECEBIDOS

Mais uma vez, faço um hiato nas publicações do conteúdo do Versos Livres para postar algumas informações de um livro enviado para a redação do fanzine.

Trata-se do excelente "Crônicas Poéticas & Poesia Crônica", livro de poemas de Jorge Domingos, Tom e  Ane Walsh.

O editor do livro é Jorge Domingos, sendo dele também a capa e contracapa. Impressâo: Print Paper, edições Jotta Dom'.

À guisa de apresentação estão frases de Jack Kerouack e Manuel Ulacia

Contatos :
-Tom : Rua Antonio Alves Benjamin, 124, Frei Gaspar, MG, Cep  39840.000. Blog : Tom Zine - O Blog - 
http://paredesteto.blogspot.com

-Anne Walsh : Caixa Postal 100, Cambuquira, MG, 3720.000 . anewalsh@hotmail.com

-Jorge Domingos: Caixa Postal 90568, Petrópolis, RJ, 25621.970, kadjabadja@hotmail.com -  Blog : Só Filme Cult -
http://sofilmecult.blogspot.com

Confira alguns poemas do livro :
Digitalizar0007

MINUTOS DE SILÊNCIO
 Jorge Domingos

o Rei mandou calar as bocas desdentadas.
A Rainha mandou calar a boca dos Inconfidentes.
O General mandou calar a Voz da Liberdade.
O Presidente fez ouvidos de mercador
detrás do vidro blindado
diante da Anarquia.
Milhares de corvos solenes
Sobrevoaram o Palácio da Justiça.
O Deputado mandou mudar a letra do Hino Nacional.
O Traficante mandou calar a Favela diante do féretro.
Os Estados Unidos da .América mandaram o Brasil...
O Fiscal da Receita confiscou o
Livro de Receitas da Vovó.
Balas perdidas calaram a garota no metrô.

Aqua-Lera do Sabril,
um hit nervosamente composto
durante um assalto.

Na calada da madrugada milhares de adolescentes
copularam sem camisinha.
O ladrão de galinha foi espancado na delegacia;
a cidade fez que não ouviu a gritaria.
O recém-nascido berrou na maternidade.
Do Peito da Pátria-Mãe jorrou
O Leite Negro cotado no Mercado.

mulher 2

MULHERES SÃO DE ALLAH
Ane Walsh

O uivo das lobas
Na noite afegã
Chegando a lua
de Ramadâ
E esta proximidade
à minha nudez
O calor do teu corpo
abraçado
teu sono agitado

Busco a serenidade

Nas horas escuras
Calo o que sinto
Na poeira da estrada
Re seca

O vento assobia
No silêncio rouco

Agradeço a Allah
Pela lua e pela tua
companhia

-

FIN-DE-SIÉCLE
vidros-quebrados-49a0d
Tom

Na Legião  dos Sem-Terra
existem belas moças
que passam fome

Na Legião dos Sem-Teto
existem rapazes que fazem sexo
sem cigarro ou cerveja.
Não ouvem Rythym and Blues
Jovens negros da periferia
serão pais operários massacrados

Moças Sem-Terra
não usam trajes elegantes
não conhecem
a Haute-Côuture de Paris.

Rapazes Sem-Teto
fogem dos prebostes
gritando Fuck You !

Jovens meninas de classe média
engravidam
de mauricinhos new-sertanejos
para subir na vida.
Jovens desabrigados fumam crack
nas ruas como junkies de sub-mundo.

Estamos nús e arruinados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário