quarta-feira, 23 de novembro de 2011

LIVROS RECEBIDOS

No post de hoje, poemas extraídos do livro " O Amor Sob Todas As Formas", de Gaitano Antonaccio., gentilmente enviado pelo autor para a redação do fanzine Versos Livres.

oamor

O TEU MUNDO
Gaitano Antonaccio.

Teu mundo não é qual o meu – é diferente
Nem mesmo conhecemos a mesma gente
Há uma ânsia te cercando a cada instante
Que te conduz em busca de outro amante.

Não sei com quem andas, nem aonde vais.
Já nem mesmo sei se te conheço mais....
O olhar meigo de outrora, cheio de doçura,
Transformou-se em desespero e amargura.

Vives caindo nos mais estranhos braços,
E não consigo mais ter os teus abraços;
Nem mesmo sei, porque ainda te procuro,
Pois vives num mundo incerto e inseguro.

Talvez um dia, abandonada e sem carinho
Retornes arrependida para o mesmo ninho.
Como não sei viver sem a tua companhia,
E porque te amo, por certo eu te perdoaria...

In: " O Amor Sob Todas As Formas"

-

O AMOR E O TEMPO
Gaitano Antonaccio.

O tempo, para o amor não passa,
Porque o amor não perde tempo.

O amor não marca as horas,
Porque a hora do amor é infinita.

Por isso o amor num só instante
Transforma a vida numa eternidade.

In: " O Amor Sob Todas As Formas"

-

O TEMPO
Gaitano Antonaccio.

Há um momento,
Em que as horas passam
E você não sente;

Há um minuto,
Em que o tempo passa
E você não vê.

Mas há um tempo,
Em que cada instante se eterniza
Diante dos seus olhos,
E você nunca sabe,
Se perdeu ou se ganhou o tempo !

In: " O Amor Sob Todas As Formas"

-

BRISA QUE VEM E VAI
Gaitano Antonaccio.

A saudade é como uma brisa...
Ela chega com a tua ausência,
penetra no meu corpo com frieza,
e acaba com o meu sorriso.

E todas as manhãs ao acordar,
tudo se transforma em ilusão,
e eu sinto uma dor imensa
que fica, quando essa brisa vai...

In: " O Amor Sob Todas As Formas"

_______________

A apresentação do livro é feita por Jorge Tufic, que também é responsável pela arte da capa..
-
Prefácio do próprio autor, que diz sobre o título do livro : O Amor Sob Todas As Formas”, título desse meu novo livro , é uma expressão inacabada. Sôo tantas as suas formas, que o mundo seria incapaz de acomodar todas elas. “ . Endereço do autor : Rua Monsenhor Coutinho, 527 – Centro – 69.010-110 – Manaus – Amazonas .

PhotoFunia-12b25e7

Nenhum comentário:

Postar um comentário