terça-feira, 13 de dezembro de 2011

IMPRENSA ALTERNATIVA

No post de hoje, poemas publicados no fanzine "Só Meu Gato Me Entende", publicado em Fortaleza/CE e editado por Filipe Teixeira.

someugato

INSONIA
Filipe Teixeira

Não dormi ainda
E um par de manhãs vieram
Ardem as retinas.

-

SÃO SEUS OS MEUS POROS
Filipe Teixeira

Meus poros são seus agora.
É o seu cheiro que eles exalam.
Os poros de um corpo nú
que ama sem pudor,
que exibe suas reentrâncias ao sol nascente
e que se esconde entre lençóis novos.
São seus os meus poros,
assim como são seus os caminhos
que eles guardam.
São meus os seus poros
que se refrescam
com a água que sobrou.
São os poros
já saudosos por querer
suar os mesmos suores,
sentir os mesmos calores.
Os poros abertos
pela quentura da sua pele
desejam se perfumar novamente
São seus os meus poros agora.

-

SEM POEMA POR HORA
Filipe Teixeira

Sinto-me demasiado feliz.
Feliz além
do que me permito estar
para escrever algo,
algo que preste.

- PhotoFunia-7f6e0a

O fanzine "Só Meu Gato Me Entende", é constituido por poemas, contos e crônicas, de autoria de Filipe Teixeira. E ainda publica sugestões de livros e jornais e também trechos de cartas e emails enviados para a sua redação.

Editado por Filipe Teixeira. Endereço para correspondência: Rua Ana Batista, 445, Fortaleza/CE, Cep 60341.360. Confira poemas, contos, prosas poéticos e outros textos   de Filipe em
http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=17127

Nenhum comentário:

Postar um comentário