terça-feira, 21 de agosto de 2012

PATMOS

formas-i

tudo,um
em tudo,uma porção de tudo e
o sentido variável do mundo.
de uma vária forma de ser das coisas
o que sabemos :nomes das palavras
(nada a ver com nada)
o mais: fórmulas,
álgebra,mágicas.
o caos:
o incessante reinventar
de todos os significados.
nenhum homem conhece o real
nenhum poema fala de todas as vozes.
todas as luzes são permutas de fogo.
para seres tu mesmo deves ser outro.
nós só compreendemos
va-ga-ro-sa-men-te
a velocidade da luz

Aricy Curvello

publicado na edição 31,do Versos Livres.

Mineiro de Uberlândia, o poeta e ensaísta Aricy Curvello é um atleta incansável em favor das letras brasileiras. Autor de vários livros de poesia, entre os quais cito “Mais Que os Nomes do Nada” (1996, Ed. Escritor, SP); ensaios (destaque para “Uilcon Pereira: no coração dos boatos” ( 2000, Ed. Giordano – SP, Ed. AGE – RS), pelo qual recebeu o prêmio Joaquim Norberto de Ensaios Editados/Biografia, da União Brasileira de Escritores, RJ; consultor para a 2ª. Edição da Enciclopédia de Literatura Brasileira; Aricy também é nome certo nas principais coletâneas que tratam da poesia brasileira, aqui mesmo na terra de Cabral, ou então no exterior. Residindo há muitos anos em Serra, ES, ainda assim Assis Brasil o incluiu na antologia “A Poesia Mineira no Século XX” (1998, Ed. Imago, RJ), assim como Mariazinha Congilio em “Antologia dos Poetas Brasileiros” (2000, Universitária, Lisboa). Também Xosé Lois García contemplou-o na “Antologia de la Poesia Brasileña” (2001, Edicións Laiovento, Santiago de Compostela); e mais Federico Nogara e Aitana Alberti em “Poemas y Relatos desde el Sur” (2001, Ediciones Carena, Barcelona); além de Jean-Paul Mestas em suas três obras bilíngües “Um Mundo no Coração / Um Monde au Coeur” (2001, Universitária, Lisboa).(in: http://www.recantodasletras.com.br)

Leia a entrevista que o amigo Aricy concedeu a Escobar Franelas em http://www.recantodasletras.com.br/entrevistas/1799799

ilustração: Formas 1, site Allposters ; www.allposters.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário