terça-feira, 11 de setembro de 2012

UM POEMA DE NEI DUCLÓS

pollock1

Trago a nova: eu mudo
lento, e é tudo
Sinto ser assim
por estações: aos turnos

Posso voltar
ao ponto de partida
mas luto

Sei que vem outubro
Flores, fruto de seiva
romperão no mundo
(Trabalho duro:
sugar de pedras
rasgar os caules
colher ar puro)

Lento e bruto
eu mudo
Sei que vem
outubro

Publicado no "Versos Livres" nº 28.

Nei Duclós é poeta, escritor, jornalista, contista, cronista, formado em História pela Usp. Pai de dois filhos e uma filha e avô de uma menina de cinco anos atualmente. Casado desde 1972 com uma jornalista e socióloga.

Nascido em Uruguaiana, RS, em 1948, viveu 27 anos em São Paulo, moro atualmente em Florianópolis. Confira seu blog em http://outubro.blogspot.com

Saiba mais sobre Nei Duclós acessando a entrevista que ele concedeu ao amigo Selmo Vasconcelos em http://antologiamomentoliterocultural.blogspot.com.br/2010/04/nei-duclos-entrevista.html

Ilustração: Jack Pollock - http://www.jackson-pollock.com/

Um comentário: