segunda-feira, 15 de outubro de 2012

MENINO DE TODOS

41_00366926~a-boy-crouching-on-a-rock

Salve,meu bom Menino !
Há olho cínico/clínico
olho de Deus
"olho da rua"
olhar de serpente morta
nutrindo labirintos,
domingos-campos-verdes-áridos,

E porque a justiça não tarda
a pa(lavra) incomoda e virá
vestir segundas-feiras
"de consciência em paz"
meu bom Menino Jesus de Praga,
de vitrais espelhando
olhar azul(i)ndo.

Um brinde às águas
que navegam ilhas
sacrossantasede dos des(a)justados,
maldita fome dos cegos da alma!

Alguns deuses alugaram o mapa
e se encontraram,quase sòzinhos...

Larí Franceschetto

in: "Versos Livres" nº 28.

Larí nasceu no interior de Veranópolis, um dos municípios da Serra Gaúcha. Desde adolescente tem na Literatura e no Sport Clube Internacional suas duas grandes paixões. Teve seus primeiros escritos publicados na seção “Do Bric à Brac da Vida”, no jornal Correio do Povo, Porto Alegre, RS, no início dos anos 80, onde trabalhava Mário Quintana. Adepto de intenso intercambio cultural Brasil à fora, tem seus escritos publicados em dezenas de jornais alternativos e da imprensa convencional, no país e no exterior.
Poeta e Escritor premiado nacionalmente em inúmeros concursos. É protagonista do filme documentário Espelho das Águas – Andanças de um Poeta e autor do livro solo Espelho das Águas
.

Saiba mais sobre o premiado poeta gaúcho,conferindo a entrevista concedida ao amigo Selmo Vasconcelos em http://antologiamomentoliterocultural.blogspot.com.br/2011/01/lari-franceschetto-entrevista-n-293.html

Ilustração: Albert Edelfelt, A Boy Crouching on a Rock

Nenhum comentário:

Postar um comentário