sexta-feira, 23 de novembro de 2012

ANGINA PECTORIS

coracao-partido1

Se metade do meu coração está aqui,
Doutor, a outra metade está na China
com o exército que flui em direção
ao Rio Amarelo.

E, toda manhã, Doutor,
todo amanhecer o meu coração
é golpeado na Grécia. E toda noite, Doutor,
quando os prisioneiros estão adormecidos
e a enfermaria está deserta, meu coração vai
para uma cansada casa velha em Istambul.

E então depois de uma década tudo o que
tenho para oferecer ao meu pobre povo
é a maçã na minha mão, Doutor, uma maçã
vermelha : meu coração.

É isto, Doutor, a razão para esta angina pectoris,
não é nicotina, prisão ou arteriosclerose.
Eu olho a noite através das grades
e desprezo o peso no meu peito.

Meu coração bate tranqüilo
Com as mais distantes estrelas.

Nazim Hikmet

(Salônica, 1901 – Moscou, 1963), poeta turco.

Tradução de Paulo Valadares

in: Versos Livres,nº 28

extraído do jornal "O Boêmio",editado por Eduardo Waack,Av América Brasiliense,784, Jd Aeroporto,Matão,SP.Saiba mais sobre o jornal e sobre o seu editor Eduado Waack em entrevista concedida ao amigo Selmo Vasconcelos.http://antologiamomentoliterocultural.blogspot.com.br/2012/04/eduardo-waack-entrevista-n-397.html#!/2012/04/eduardo-waack-entrevista-n-397.html  ,

Nazım Hikmet Ran (20 de Novembro de 1901 – 3 de Junho 1963) foi um importante poeta e dramaturgo turco, conhecido na Europa como o melhor poeta de vanguarda da Turquia, sendo os seus poemas traduzidos para diversas línguas, sem exceptuar o português.
Nascido em Salónica, no Império Otomano, situada no seio da actual Grécia, foi registrado a 15 de Janeiro de 1902, embora tenha nascido efectivamente no dia 20 de Novembro do ano de 1901, mesmo no início do século XX.
Hikmet pertenceu ao Partido Comunista da Turquia, sumariamente TKP, tendo sido por isso muitas vezes perseguido pelos realistas.Saiba mais em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Naz%C4%B1m_Hikmet

Nenhum comentário:

Postar um comentário