quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

FERRAMENTAS

Palavras_voam

Junto palavras
como quem inventa moinhos

Tão cálido é o gesto
que me nascem
pássaros e ninhos

Entre espada e fuga
busco caminhos
escondo a ruga

Domo palavras
de excessos me inundo

Enxugo as ferramentas
e a cada manhã
reinvento o mundo

César Pereira
http://cesarpereira-poeta.blogspot.com/

(Prêmio de Poesia Lilla Ripol-2008).

Publicado na edição nº 31, do fanzine Versos Livres, editado em Guarulhos/SP. Poema originalmente publicado no jornal R.S.Letras, editado por Dr. Antonio Soares.O endereço de correspondência do R.S. Letras é Rua Plácido de Castro, 154 - Porto Alegre- RS. 

CESAR PEREIRA nasceu em Taquari, em 1934, e escreve poesia desde 1954. Já em 1957, iniciou uma série de pesquisas no sentido de criar uma poesia de maior comunicação, que denominou Poenigma (poema enigma), e em 1966 participou da antologia “Os cem melhores poetas da nova geração”, Editora Leitura. Conquistou o 1° lugar no concurso de poesia patrocinado pela Prefeitura de Porto Alegre (1971), Menção Especial no Prêmio Fernando Chinaglia (1972), com o livro “Dardos de Ajuste” e Menção Especial da União Brasileira de Escritores (1973), com o livro inédito “Rosto em deságio”. OBRA: CARROSSEL DE CINZAS, poesia, 1960; DARDOS DE AJUSTE, poesia, 1974, A Nação-SEC; ROSTO EM DESÁGIO, poesia, inédito ( fonte: http://www.antoniomiranda.com.br/poesia_brasis/rio_grade_sul/cesar_pereira.html).Saiba mais em http://cesarpereira-poeta.blogspot.com/2011/09/minha-biografia.html

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

LÁGRIMAS

 

lágrimas

O meu viver adormeceu
Apenas existo
e continuo a longa
e lenta caminhada
A escuridão
preenche meu vazio
Minhas lágrimas
derreadas ao chão
faz flores brotarem
e que secarão
com o meu frio olhar
Não compreendo a luz
só sei o que é escuridão
O que é solidão
O que é sangrar o coração

Kleide Keite

Publicado na edição nº 33, do fanzine Versos Livres, editado em Guarulhos/ SP

Keite é de Pernambués, Salvador/BA . Editora de diversos fanzines, também coordena mostras de fanzines.  Keite tem várias comunidades no Orkut e no Face Book , onde comercializa fanzines, vinil, quadrinhos,bottom, etc.. . Saiba mais em
http://www.orkut.com.br/Main#AlbumList?uid=18219132957501711650

domingo, 26 de fevereiro de 2012

IMPRENSA ALTERNATIVA

Olá !
No post de hoje, poemas extraídos do jornal "Vaia", editado em Porto Alegre, RS,  que foi enviado para a redação do Versos Livres por Marco Marques, seu redator e diagramador. Agradeço o envio.
 
SEM TÍTULO

garota

é lenta como uma pedra
compra chocolate embrulhado
em papel alumínio
antes de pegar a condução
sentido zona norte
na hora do rush nem precisa
se esticar na barra
basta se ajeitar entre os passageiros
a bolsa quer escorregar do ombro
talvez não chegue a tempo
o jeito é virar para o vizinho
e recitar com dicção impecável
um poema de amor

Alice Sant'Anna

Alice escreve no blog "para não ficar na gaveta"
http://adobradura.blogspot.com/

*

ASSIM SERÁ
encontro

Este encontro está marcado para um dia
quando só dentro dele se saberá.

Na balança embriagada hão de revezar-se
O ouro e o contrapeso da escória.
Face a face hão de entrever-se
A fera e o seu passado de vulnerável filhote.

Os mortos antigos saudarão os mais novos
E a memória ancestral de conventos e sacristias
Descansará soberana no trono onde se senta
A engalanada alcoviteira das horas.

Num futuro imprevisível, a vida então terá seu preço,
O brilho de sua filosofia autêntica
E o patrimônio de uma felicidade
Não inteiramente estúpida, nem inteiramente sábia.

Um dia, assim será : o juízo do tempo
Há de encostar seu fuzil em nossa testa gelada.

Mariana Ianelli

É autora dos livros "Trajetória do Antes", "Duas Chagas",
"Passagens" e outros, todos editados pela Ilunimuras.
Saiba mais em
http://www2.uol.com.br/marianaianelli/,
seu site oficial.

*

SEM TÍTULO
PlantadeCasasSimples

As casas são 30% tijolos e 70% sonhos

[1] 

casas-frutas
casas-mundos

[2]

a
cidade-mitose
cidade aerada [ um seu subterrâneo
aleatório ]

era jovem a mulher na cozinha
o cabelo com o dobro da idade

fruta-falo em seu ventre

na ontologia dos detalhes
os utensílios tem parte com os delírios

[3]

a estrutura óssea da casa
não suporta vibrações de realejo

Márcio-André

do livro "sintaxe das casas" . Saiba mais em
http://www.marcioandre.com/

-
vaia

O jornal "Vaia" é editado por Fernando Ramos . Redação e Diagramação: Marco Marques.  Endereço de correspondência: Rua Demétrio Ribeiro, 706/601 - Porto Alegre/RS, Cep 90010-312.
-
O jornal publica crônicas, contos, poemas, entrevistas , H.Qs, resenhas de livros e diversas informações literárias e culturais.  Saiba mais em
http://jornal-vaia.blogspot.com/

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

UM POEMA DE HUMBERTO DEL MAESTRO

 

full-moon-over-the-sea

Lua sobre o mar
Uma tarrafa de rendas
Pescando poesias.

Humberto Del Maestro

Publicado no Versos Livres nº 30.

Extraído da publicação literária "Meya Palavra". O jornal "Meya Palavra" é coordenado por Deusdedit Rocha e é composto por pensamentos, poemas, informações, ilustrações. Periodicidade mensal . Como diferencial , a publicação lista os colaboradores/leitores  aniversariantes do mês .
Endereço para contato : Rua João Cordeiro, 1991,aptº 101, B , Fortaleza, CE, Cep 60.110-301 . Saiba mais em    
http://fotolog.terra.com.br/khneira:82

Humberto Del Maestro nasceu a 27 de março de 1938 na cidade de Vitória–ES, onde concluiu os principais estudos e começou a escrever suas primeiras composições poéticas.Sua poesia é deveras versátil, porquanto foi bebericar em mananciais do presente e do passado, em autores universais, fator que veio direcionar seu estilo, cristalizar e enriquecer seu estro.

Sua prosa é mais discreta, porém caminhou no campo do teatro, da crônica, do jornalismo literário, da crítica literária, enveredando-se finalmente, pelo campo do “pensamento”, com cerca de 4000 citações, do conto e das narrativas infanto-juvenis.Possui mais de 43 livros publicados no país e um no exterior ( Itália - edição bilíngüe ). É detentor de numerosas premiações e participa de dezenas de entidades, no campo das Letras.

Mantém intercâmbio epistolar permanente com poetas e escritores, dentro e fora do Brasil, e sua bibliografia é extensa, tendo sido já citado pelos maiores críticos literários da atualidade, em revistas e jornais especializados.
(fonte:
http://antologiamomentoliterocultural.blogspot.com/2010/01/humberto-del-maestro-entrevista.html)

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

 

No post de hoje, uma pequena mostra  da correspondência enviada para a redação do Versos Livres. Agradeço o envio. Textos, críticas e sugestões podem ser enviados para o email touche.sp@uol.com.br.

*

POEMAS SOMBRIOS ( E OUTROS NEM TANTO)/SONETOS -

POEMAS SOMBRIOS

Livro de Humberto Del Maestro, que nos foi enviado pelo escritor. No prefácio, assinado por Del Maestro, ele fala um pouco sobre o tema do livro : " prepare-se para sofrer, porque a verdade fere e algumas vezes precisa ser dita brandamente, em forma de versos, para que suas arestas não façam grandes estragos". Maestro diz ainda que o livro é "duro, cruel, cáustico, porque pleno de citações sem rodeios ou eufemismos". O endereço do autor é Rua Aurora de Aguiar Ferreira, 171/702- Ed San Juan - Jardim Camburi - Vitória - ES - Cep 29.090-310. Saiba mais em http://www.oocities.org/humbertodelmaestro/

-

O CAPITAL , JORNAL DE RESISTÊNCIA AO ORDINÁRIO

JORNAL O CAPITAL 2 O jornal O Capital ,de Aracaju/SE é editado por Ilma Fontes e traz o dístico "Jornal de Resistência ao Ordinário". Nessa linha editorial, publica informações culturais e políticas, crônicas, charges e poemas. Na seção "Cartas Marcadas", Larí Franceschetto dá uma idéia do que é o jornal  : " O Capital sempre chegando na luta em nome da causa que nos acende". Bem como Irineu Volpato, poeta de Santa Bárbara d'Oeste  :" O Capital resiste ao enferrujar das ondas e do tempo. Que o mundão anda mesmo atrapalhado". Endereço: Av. Ivo do Prado, 948, Aracaju/SE,Cep 49015-070. Fone:(79) 9989-2829 (a/c Ilma) . Saiba mais sobre a batalhadora Ilma em http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia/obrasdigitais/saciedigpv/08/ilfontes01.php. A propósito, confira o blog do Irineu Volpato, em  http://paginadoirineuvolpato.blogspot.com/

-

BINÓCULO , PUBLICAÇÃO LITERÁRIA DE FORTALEZA

BINOCULO34[6]

De Fortaleza/CE, veio a publicação literária Binóculo, editada por Dias da Silva e Batista de Lima. Binóculo contém comentários  de Dias da Silva sobre livros, jornais e revistas, na coluna "Da Pena Ao Vento", crônicas, contos,informações culturais,  poemas e cartas dos leitores. Endereço para correspondência : Dias da Silva - Rua Carlos Vasconcelos, 3100/602 - Joaquim Távora- Fortaleza - CE - Cep 60.115-171, ivonildodias@secrel.com.br  .Saiba mais em http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=643277

-

POEMA DE CÁSSIO DE AQUINO

CIDADE

Toda vez que eu vou para a cidade zangada
Eu vejo todas aquelas pessoas
penduradas no alambrado
Gritando

As pessoas não tem nem mesmo
uma causa perdida na qual lutar
E elas ainda machucam seus cotovelos

Eu tento manter um estado de não-beligerância
E olha que minha tolerância acaba
igual à deles

( poema "Cidade", do livreto "Idiossincrasia Permutável", Soa Caos Publicações.  Caixa Postal 250. São Paulo,SP, 01031-970 )

domingo, 5 de fevereiro de 2012

TROVA

mulher triste

Nos delírios dos teus beijos
Eu travei ferrenha luta;
para acalmar meus desejos
sem manchar sua conduta

Hildemar de Araújo Costa

Extraído do jornal A Voz , editado por Genildo e Fátima Costa. O endereço para correspondência do jornal  é Av José Rufino, 3625, Teijipió- Recife - PE - 50930.000 . Hildemar  nasceu em Salvador, em 11 de setembro de 1932. Confira outros poemas dele em http://www.falandodetrova.com.br/hildemarcosta

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

DESENCONTRO

 

silencio2

Dou-te rosas vermelhas
de todas as cores
que o perfume tem.
Dou-te minhas melhores histórias
de luas, de ruas, de relvas
que a vida tem.
Dou-te um coração
cheio de estrelas, de árvores,
de romãs e naves.
Dou-te também
meu olhar triste
porque o frio é triste.

Porque não vens
aquecer o sonho ?

Larí Franceschetto
in: "Espelho das Águas"
-
Esse poema do post de hoje foi extraído do livro "Espelho das águas", do poeta gaúcho Larí Franceschetto.
-
Digitalizar0006 Espelho das Águas é o primeiro livro solo do poeta Larí Franceschetto, de Veranopolis - RS. Com editoria e composição de Suliani Editografia Ltda. Composto de 176 pg a obra trás toda essência do poeta da terra da Longevidade. O livro foi publicado por intermédio do Fundo Pró-cultura de Veranópolis e abrange somente o gênero poesia. Tem orelhas assinadas pelo 'ex-patrono da feira do livro de Porto Alegre, 2005', o historiador, editor e escritor Frei Rovilio Costa. A capa é de autoria da artista plástica Maria Salete Martinelli.
-
Contatos com o autor : Rua João Leivas de Carvalho, 98 - Veranópolis, RS , Cep 95330.000 - fone: (54) 3441.7732.
-
Saiba mais sobre o premiado poeta gaúcho em
http://antologiamomentoliterocultural.blogspot.com/2011/01/lari-franceschetto-entrevista-n-293.html