sexta-feira, 29 de março de 2013

HABILIDOSOS CONTISTAS

grimm_g

Minha inspiração poética
Fielmente me acompanha
E com enxame de abelhas
Nesse momento se assanha,
Pra falar de dois irmãos
Filhos da velha Alemanha

Trato aqui dos irmãos Grimm
Dois exímios professores,
Habilidosos contistas
De doces obras senhores,
Que são contos valiosos,
Por demais encantadores.

Eram Jacob e Wilheim
Os competentes irmãos.
Que sejam sempre editados
Os famosos cidadãos,
Que na vida literária
Foram qual bons artesãos.

Os bons contos grimmianos
Devemos ler e guardar
CINDERELA, RAPUNZEL,
O PEQUENO POLEGAR
E os outros que são muitos,
Que aqui não dar pra contar.

Destaque em Literatura
É gloriosa conquista.
Peço com meu sentimento
De poeta cordelista.
Que lembremos irmãos Grimm
Quando falar-se em contista.

Cícero Pedro de Assis
(Cordelista)

Publicado no Versos Livres nº 34

O autor
Cícero Pedro de Assis é pernambucano, nascido em Caruaru aos 18 de julho de 1954. Membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, ocupa a cadeira de nº 30, cujo patrono é o grande poeta paraibano José Galdino da Silva Duda. Radicado na cidade de São Paulo desde 1970, é poeta atuante. Dr. Cilso, como costuma se apresentar, escreveu outras adaptações para o cordel como “As aventuras de Robinson Crusoé “e “Aventuras de Simbá, o marujo” (Editora Luzeiro).Endereço de correspondência: Caixa postal 52510- CEP - 08010-971, São Paulo –SP. Tels: (11)6585 1215; (11) 9703 8588. ( Saiba mais em
http://www.recantodasletras.com.br/cordel/220046)

-

REI ARTUR E A TÁVOLA REDONDA
(versos iniciais)

Rei Arthur - filme - 003

A paixão é sentimento
Que deixa o peito arrasado
Porque sem dó cega os homens,
Isso é fato consumado.
Há quem cometa loucura
Quando está apaixonado.

Cícero Pedro de Assis

Nenhum comentário:

Postar um comentário