domingo, 16 de junho de 2013

a olho nu

t14285

meu olho, quando mergulha em teu olho, não vê: contempla.
é um ver mais nítido, que se admira ante achados e pedidos no fundo cristalino.
é um [m]olhar de êxtase, imerso nas transparências que a menina do teu olho vai despindo.

Valéria Tarelho

publicado no Livro da Tribo 2012/2013, Ed. da Tribo

http://valeriatarelho.wordpress.com

Condições de uso e reprodução da obra :
© valéria tarelho. é permitida a reprodução dos textos em blogs, sites pessoais e afins, desde que informada a autoria. qualquer finalidade de uso diversa, necessita de autorização expressa da autora. é vedada qualquer espécie de modificação ou adaptação do conteúdo, bem como a criação de obras derivadas. proibido o uso para fins comerciais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário