quinta-feira, 27 de junho de 2013

JOSÉ AMÉRICO DE ALMEIDA

c-1564-centnascjose-americo-de-almeida-escritor_MLB-O-178632502_609
Nascido em Areia, Paraíba, em 1887, foi um político brasileiro de renome. Sua estréia como
romancista, em 1928, com "A Bagaceira", é a primeira manifestação literária criadora do neo-regionalismo nordestino .

Dois outros romances, "O Boqueirão" (1935) e "Coiteiros"(1935), completam a pesquisa regionalista do autor. Se na "A Bagaceira" aparece a paisagem açucareira, na verdade ela é só entrevista, porque o que sobressai aí é a observação do caráter do homem da região através de um caso amoroso.

O drama sentimental, expressão dos valores da região, aparece também nos dois outros romances, em que o autor amplia a visão que nos oferece de aspectos do nordeste : a seca, o problema do amparo às populações flageladas e o fenômeno do cangaço. ( fonte : "Dicionário de Literatura", 1º volume, direção de Jacinto do Prado Coelho, 1979, Figueirinhas, Porto. )

Saiba mais em
http://marcelogveiga.blogspot.com.br/2011/05/jose-americo-de-almeida.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Am%C3%A9rico_de_Almeidahttp://www.passeiweb.com/na_ponta_lingua/livros/analises_completas/a/a_bagaceira

Nenhum comentário:

Postar um comentário