quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Email da Revista Art Poesia

Prezados/as Senhores/as,

ALMA456

Participem da edição n. 104 da Revista Artpoesia que terá uma homenagem ao poeta Castro Alves. Participe!!!
A nossa publicação circula em várias cidades da Bahia e outros estados do Brasil. É um excelente espaço para divulgação dos poetas escritores brasileiros.

Nossa revista impessa em papel couchê, miolo em preto e branco, capas coloridas, 40 páginas contendo textos de poesias, contos, curiosidadades literárias, humor e comunicações diversas de artistas e suas obras. É um periódico alternativo de construção coletiva e participação cooperativada (rateio dos custos de impressão gráfica entre os seus participantes), circulando em escolas, faculdades, bares, retaurantes, hotéis, e em eventos promovidos pelo Movimento Cultural Artpoesia em praças e outros ambientes do meio popular, com o objetivo de promover a divulgação dos poetas, escritores e outros artistas na Bahia e em várias cidades do Brasil.

Pretendemos lançar a edição 104 com uma tiragem de 10.000 (dez mil) exemplares, com a proposta de envio de exemplares para as secretarias de educação e bibliotecas dos 417 municipios da Bahia.

PARTICIPE!!!   Juntos poderemos ir mais longe.

Envie seus textos de poesias e contos e/ou imagns para o email do nosso editor, Sr Carlos Alberto Barreto, vatebarreto@ig.com.br
ou (71) 3309-0754

Saudações poéticas!
José da Boa Morte - Coordenador da Revista Artpoesia.
Email: artpoesia@bol.com.br

Tel. (71) 9155-6828

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

CONCURSO DE POESIA

Segue Edital de Chamada do Concurso Literário 2013 do Movimento Cultural Brasil Casual  - Antologia UNI(VERSOS).

Enviado pelo Prof. Emerson Maciel Santos
Poeta Membro da Academia de Letras de Teófilo Otoni
Diretor de Publicação do Jornal O Liberal
www.emersonmaciel.com.br
www.radiobrasilcasual.com
79 9900-1218 (Vivo)
9148-0461 (TIM)
8119-6733 (CLARO)

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

No post de hoje, trago poemas extraídos da correspondência enviada para a redação do fanzine Versos Livres. O Versos Livres é uma publicação independente,de participação e distribuição gratuítas.Textos,críticas e sugestões podem ser enviadas para o email touche.sp@uol.com.br

CARTA1

XXIII
Alcides Buss

Sabemos o que distingue
uma árvore de um navio
com suas silhuetas
emaranhados na tarde
Não sabemos,porém
qual é um,qual o outro
quando ancorados
às pressas
no coração

in: "Aeromano 4,poesia e arte",editado por Hélvio Lima,Rua Felisberto Carrejo,204,Fundinho,Uberlândia,MG,Cep 38400.204, hl.artes@yahoo.com.br. Saiba mais sobre o poeta em http://www.jornaldepoesia.jor.br/abuss.html

-

HAI CAI
Humberto Del Maestro

Desliza a cascata
engrossada pela chuva :
um salto de vida

in: "As Acadêmicas",ano 12,nº 163,editoras: Regina Menezes Loureiro e Maria José Menezes,R. Chafic Murad,54,Ed Paraná,apto 702,Bento Ferreira,Vitória,ES,Cep 29.050-660,reginamenezesloureiro@gmail.com

-

LEMBRAR05

-

LEMBRANÇAS
Zaira Cantarelli

O minuano umedece
sonhos de infância
num chimarrão de ausências
me embebedo de lonjuras
e meus olhos garoam

in: "Cotiporã Cultural",nº 38,edição e produção: Adão Wons,Rua Marcílio Dias,253,Centro,Cotiporã,RS, Cep 5335.000, http://www.adaowons.blogspot.com

-

TROVA
Waldir Rodrigues

O passado é realidade
que em minha alma revive
por isso sinto saudade
das saudades que já tive

in: "Binóculo",publicação literária,nº 122,editores: Dias da Silva e Batista de Lima,R. Carlos Vasconcelos,3100/602,Joaquim Távora, Fortaleza, CE, ivonildodias@secrel.com.br.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

UM POEMA DE MARIA THEREZA CAVALHEIRO

amor-a-primeira-vista-18586

O amor é mistério doce
que faz bem e intimida
e é sempre como se fosse
o primeiro em nossa vida!

In: Versos Livres nº 34

MARIA THEREZA CAVALHEIRO nasceu em São Paulo/SP a 25 de janeiro de 1929. Coincidentemente faz aniversário junto com sua cidade. Escritora, poetisa, advogada, jornalista, tradutora e ecologista. Vários livros publicados: entre outros, em 1960 lançou "Antologia Brasileira da Árvore"; em 1989 publicou "Segredos do Bom Trovar - Como fazer Trova - Exemplos práticos" e, em 2009, "Trovas para Refletir".

Publica, desde 1973, em vários jornais e revistas da capital paulista, a coluna "Trovas", estendida depois  a "O Radar", de Apucarana/PR, e "Bali", de Itaocara/RJ. Traz a poesia no sangue. Não por acaso é sobrinha/neta de Yde Schloenbach Blumenschein que, literariamente é a célebre Colombina, que aprendemos a admirar, fundadora e presidente perpétua da "Casa do Poeta "Lampião de Gás" de São Paulo.(
http://falandodetrova.com.br/therezacavalheiro)

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

UM POEMA DE NATO AZEVEDO

n

Um aceno e o trem partiu
Apagas, cheia de graça,
sonhos que o amor construiu
hoje virando fumaça

Ananindeua - PA

Publicado na edição nº 34,do fanzine Versos Livres

Extraído da folha cultural "Binóculo", nº 117

Assim o poeta Nato Azevedo se descreve : "Carioca de 1º/10/1952, faço poesias desde os 15 anos e contos & crônicas a partir de l988, tendo publicado mais de 50 textos nos jornais de Belém e Ananindeua, cidade vizinha. Membro da UBT-Belém (União Bras. de Trovadores) e da ALA-A (Assoc. de Letras e Artes de Ananindeua) fui vencedor em 9 concursos nacionais de poesia/contos, tenho 51 Menções Honrosas em eventos literários de vinte cidades em 11 Estados e 295 textos em jornais culturais e revistas de 52 cidades em 9 Estados.

Estou em 14 coletâneas literárias de 4 Estados, principalmente em obras da IGAÇABA Prod. Culturais, da cidade de Roque Gonzales/RS. Sou compositor de MPB, sambas e rocks sem maiores méritos, fazendo também versões de hits de grandes bandas roqueiras.

Lancei artesanalmente (Edição do Autor, em xerox) PALAVRAS AO VENTO, livreto de poemas & canções com mais de 80 cópias, em 4/1986; coordenei a coletânea com 16 poetas de Vigia/PA, "Livrencontro", em fev./1987, com mais de 200 cópias e editei "QUASE NADA...""miscelânea" com 60 exemplares, em 9/1988.

A partir de dez.1999 produzi o folheto "Jardim de Trovas" nº 0 e 1 (este em nov./2000) e o nº 2, hoje com mais de 500 cópias já enviadas para todo o país, desde junho/2002. Entre 1990/92 organizei shows anuais em teatros de Belém com artistas de Ananindeua, além de fundar (em 1988, com meu irmão gêmeo Renato) e presidir o CCCP - Centro Cultural de Capoeira do Pará, controverso marco extinto em 6/1992, no qual expedi mais de 300 ofícios diversos defendendo uma visão artítisca dessa luta.

Aguardo a futura (?!) publicação de "QUASE NADA...", estreando como contista e registro as minhas memórias em "AQUELAS TARDES TRISTES...", com cenas da infância no Sul (PR/SC) e "momentos" amazônicos." (http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=55427 )

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

É CLARO

304761-a-mascara-e168c

Nojento e depreciativo
A propósito:  que fracote você é !
Para compensar pela sua desonra
Você compra outro carro

Você tem se vendido
e agora tem dinheiro
Para relampejar
em todos os bares da moda

Festejando sua vida
completamente
Fingindo ir longe com isso

Cássio de Aquino
cassiodeaquino@hotmail.com
-
In: Versos Livres nº 34
-
Extraído da publicação alternativa  "Idiossincrasia Permutável", Soa Caos
Publicações - Caixa Postal 250 - São Paulo - SP - 01031.970
-
Saiba mais em
http://arteparamudar.blogspot.com.br/2011/09/lancamento-de-livro-de-cassio-aquinodia.html

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

CIRCO

seurat-georges-circo

Baixa-se o pano
os palhaços se retiram
levando minha infância

Batista de Lima

in:Versos Livres nº 34   

Extraído da publicação "Binóculo", edição : Dias da Silva e Batista de Lima .R. José Alves Cavalcante, 1163 - Cidade dos Funcionários - Fortaleza - CE - 60.882-570 - jbatista@unifor.br

BATISTA DE LIMA, nascido em Lavras da Mangabeira (1949), embora pertença ao “grupo” da revista O Saco, pois seu primeiro livro, de poemas, é de 1977, passou a divulgar seus contos mais recentemente: O Pescador da Tabocal saiu em 1997 e Janeiro é Um Mês Que Não Sossega, em 2002.

Seminarista no Crato, formou-se em Letras e Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará. Especializou-se em Teoria da Linguagem na Universidade de Fortaleza, onde exerceu a chefia do Departamento de Letras e a diretoria do Centro de Ciências Humanas. Cursou o mestrado em Literatura na Universidade Federal do Ceará. Iniciou-se como professor de Português em colégios de Fortaleza.

Na vida literária deu os primeiros passos no Clube dos Poetas Cearenses. Mais tarde participou ativamente dos grupos Siriará, Arsenal, Catolé e Plural. De poesia publicou os livros Miranças (1977), Os Viventes da Serra Negra (1981), Engenho (1984) e Janeiro da Encarnação (1995). Na área do ensaio literário deu a lume, em 1993, Os Vazios Repletos e Moreira Campos: A Escritura da Ordem e da Desordem, e, em 2000, O Fio e a Meada – Ensaios de Literatura Cearense. Membro da Academia Cearense de Letras.

Saiba mais em  http://www.jornaldepoesia.jor.br/batis.html

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

EMAIL ENVIADO PELO ESCRITOR ARICY CURVELLO:

PhotoFunia-24d0812 Caros(as)  Amigos(as),

2012 não foi um ano comum. Como sabem, foi extraordinário sob muitos aspectos.

Para mim foi de muito trabalho. E de alegrias também, algumas das quais procuro compartilhar.

O  n° 36 da conceituada revista "Poesia Sempre",  da Biblioteca Nacional (Rio de Janeiro), ref. a 2012, é dedicado à poesia de Minas Gerais, edição em que fui incluído. O volume vira a público agora neste mês.

Em agosto de 2012, foi lançada na França, em Paris, pelas Éditions Jalons [Hors Série], a antologia "Le Printemps du Brésil" ("A Primavera do Brasil"),  com vinte poetas brasileiros traduzidos ao Francês pelo professor da Sorbonne e escritor Jean-Paul Mestas, que pela quinta vez me traduziu e incluiu em antologia por ele organizada ( 2 na França e 3 em Portugal, pela Universitária Editora, de Lisboa, em Port./Francês).

A notícia foi divulgada no Brasil pelo jornal literário "Linguagem Viva" Ano XII nº 277, São Paulo, set. 2012, p. 6, periódico que não atualizou seu site www.linguagemviva.com.br, que ainda se limita ao nº 273 [maio 2012]. Felizmente, o "Jornal da ANE- Associação Nacional de Escritores" estampou  com destaque em sua primeira página a notícia dessa antologia cuja foto reproduz [Anos VII e VIII nº 49, Brasília, dez.2012/jan.2013  - outro periódico que também não atualizou seu site www.anenet.com.br, detido na edição nº 47 (ago./set. 2012)]. Mais dia menos dia  os dois excelentes periódicos culturais atualizarão seu respectivo site na Internet.

Uma honra ser mencionado duas vezes em "Peregrinações Amazônicas" [ Taubaté/SP : Letra Selvagem, 2012, pp. 24 e 176] , o mais novo livro do grande crítico e professor Fábio Lucas. Para quem não sabe, informo que meu poema mais longo e mais traduzido no Exterior é "O Acampamento", escrito em 1975/1976, quando trabalhava no norte do Pará, a serviço de empresa de mineração do Grupo Cia.Vale do Rio Doce. A maior parte dos brasileiros (inclusive escritores)  ainda não se deu conta que mais de 60% de nosso território nacional pertencem à Amazônia.

Importante lançamento no ano foi também o volume " Revistas Literárias Brasileiras - Século XX" ( Brasília/DF:Edição do Autor, 2012) do conhecido poeta Paco Cac (Paulo Cezar Alves Custódio). Lá estou em vários verbetes de revistas.

O artista plástico Hélvio Lima editou no ano cinco novos  cartões postais (Arte Postal), com foto de suas novas telas em que inscreveu versos de minha autoria. Em 2012, também uma inovação: um cartão postal retratando um objeto, em acrílica e pregos sobre prancha de madeira, com meus versos : " parte louca de mim a mais interessante sim". Hoje, a coleção perfaz 19 cartões postais retratando telas do Hélvio com versos deste escriba e mais esse objeto intitulado "Autoretrato".

Escobar Franelas montou uma interessante exposição na instituição cultural Casa Amarela (São Paulo/SP), utilizando video por ele produzido a respeito da coleção de cartões postais (Arte Postal) do Hélvio Lima. A coleção foi também exposta.

Só tenho a agradecer aos críticos e a todos aqueles escritores e profissionais que, de um modo ou de outro, dedicaram parte de seu tempo no ano passado a escrever sobre meu trabalho ou a produzir algo sobre ele. E não foram poucos.

Em especial, meus agradecimentos a Cleber José Pacheco (Rio Grande do Sul), Manoel Hygino dos Santos (Academia Mineira de Letras, Belo Horizonte), Rosani Abou Adal (São Paulo/SP), Ilma Fontes (Aracaju/SE), Antônio  Cabral Filho (Rio de Janeiro/RJ), Selmo Vasconcellos (Porto Velho/RO), Diego Mendes Sousa (Piauí), entre outros.

Que alguém me perdoe, se lhe parecer que não valorizei devidamente seu trabalho nesta relação. Um excelente 2013 para vocês,

Aricy Curvello
curvello.aricy@gmail.com

Leia um artigo sobre a Questão da Linguagem em Aricy,no blog do amigo Antonio Cabral :
http://letrastaquarenses.blogspot.com.br/2012/12/enc-questao-da-linguagem-na-poesia-de.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+LetrasTaquarenses+(LETRAS+++TAQUARENSES)

Saiba mais sobre o grande poeta em http://www.jornaldepoesia.jor.br/acurvello.html

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

REVISTA PRISMA CULTURAL Nº 001


A partir do dia 4 de janeiro de 2013 (às quintas feiras), a revista semanal PRISMA CULTURAL ( nos moldes da página impressa Lítero Cultural, 15/8/1991 a 5/7/2012)) será uma nova página do site do amigo Selmo Vasconcelos
.

Colaboraram nesta edição: Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade, José Ailton Ferreira “Bahia”, Sonia Sales, Edival Perrini, Mano Melo, Beatriz Helena Ramos Amaral, Ademir Antônio Bacca, Regina Lyra, Cairo Trindade, Nicolas Behr, Sandra Almeida, Selmo Vasconcellos e Belvedere Bruno.

AGUARDANDO MUITOS ACESSOS, COMENTÁRIOS E DIVULGAÇÕES!!! DIVULGUEM PARA TODOS OS SEUS AMIGOS!!! CONTO COM TODOS!! A Revista PRISMA CULTURAL AGRADECE!!!

Próxima Revista PRISMA CULTURAL em 11 de janeiro de 2012 com novos colaboradores. Acesse o site e envie a sua colaboração .

http://www.selmovasconcellos.com.br/colunas/prisma-cultural/revista-prisma-cultural-no-001/