domingo, 29 de setembro de 2013

FORÇA MENTAL

mulher_refletindo

Por uma questão de bom senso,
ponho sempre em prática o que acredito.
Simplesmente,mostro o que tenho.
- Pensamentos positivos.

Cecília Fidelli
Itanhaém - Umuarama - SP

in: Versos Livres  34

BIOGRAFIA
Poetisa e editora dos Alternativos Culturais “Reviragita Poesia” e “Letra Viva”, de 1989 a 2003. Pertence a várias Instituições Culturais do país, tem poemas e artigos publicados em diversos jornais do Brasil.

Participações em coletâneas e convidada especial em livros de poesias.
Prefaciou o livro “Poemas domados sob o signo da lua”, do jornalista Anand Rao; além de publicações independentes, publicações como o apoio da, infelizmente extinta, Sociedade dos Poetas Alternativos / SP.

Muitas homenagens e prêmios como “A Poetisa Destaque do Underground Brasileiro”, em 1998, 1999 e 2000.

Saiba mais sobre a amiga Cecília na entrevista concedida a Selmo Vasconcelos em http://antologiamomentoliterocultural.blogspot.com.br/2009/12/cecilia-fidelli-entrevista.html

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

D E N Ú N C I A

i54mages

Não tem como
ocultar
a passagem
da tua boca
pela minha
pele:
lá estão
as perfeitas
e arroxeadas
amoras,
ventre
abaixo...

Veronica de Nazareth
http://espiraldoviver.blogspot.com.br/

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

"...AS COISAS SÃO COMO SÃO..."

images

Ela gostou de encontrá-lo depois de cinquenta anos.
Serviu para constatar a diferença de mundos e as várias dimensões dentro da mesma vida. Soube que as coisas são como são no cumprimento dos destinos estabelecidos.

Djanira Pio
São Paulo/ SP

in: Versos Livres nº 34

DJANIRA 1 Djanira Pio (Arruda) naceu em Sta Rita do Passa Quatro, SP, Vive em SP. Professora aposentada, Escreve contos, poemas, minicontos, crônicas e romances.  Participante da Literatura alternativa de todo o Brasil.

Tem textos publicados na França, Itália e outros . Premiada em Concurso de Crônicas de Barueri,1989. Eleita Prosadora do Ano em 1997, pela Sociedade de Cult. Latina do Brasil, em Mogi das Cruzes, SP, pelo livro Seres Humanos.

Menção Honrosa no Concurso: Um Romance em sua Vida, pela Via Sette Editorial SP . Consta no Dicionário de Escritoras Brasileiras,2002, organizado pela prof. Nelly Novais Coelho ,na Enciclopéia de Literatura Brasileira Afrânio Coutinho e J. Galante de Souza em 2002 e no  Dicionário de Mulheres,2011, organizado por Hilda Agnes Hubner .

É participante de várias Coletâneas e Antologias como a Antologia do Clube, número 14, organizado pela escritora Araci Barreto, RJ , Antologia Del Sechi, volume XX1, contos. Vassouras, RJ , Poetas En/ Sena, número 5, organizado por Rogério Salgado e Virgilene Araujo. Poemas.MG, RGEditores, O Conto Brasileiro Hoje, vários números, SP, Cantos e Contos, poemas, Belém do Pará, organizado pelo professor e escritor Abílio Pacheco.

O romance Um Canteiro de Margaridas está em negociação para ser traduzido para o italiano.

Saiba mais em http://rebra.org/escritora/escritora_ptbr.php?id=1026

domingo, 22 de setembro de 2013

Lullaby

images

Meu decrépito amor nasceu nas vinhas
Inumanos guizos subterrâneos —
Acabrunhada sigo
Sob este manto escaldador
Minhas células inexatas
Se redimem pela palavra
E diabretes bucólicos e bonachões
Compartilham minha estrebaria.

Meus anéis de prata,
meus apetrechos de cobre
Eu poli na crescente
Resignada mulher que antecipa o refúgio
A fêmea desenganada.
Nem súplicas, nem ameaças
Infundem sobre ela
Passes de mágicas,
Truques, diagnósticos, revelações...
Ela deverá cumprir seu próprio destino.

A única fórmula encantatória
É este rosto rasgado
Fundamento de abnegação
Eixo difuso da minha imensionável bruma
Que oferece seu revoar de farrapos,
Seu rumor de cascos.

Adriana Manarelli

in: Versos Livres, nº 34

Saiba mais sobre a minha querida amiga e original poeta  Adriana na entrevista concedida ao amigo Everi Carrara em http://jornaltelescopio.blogspot.com.br/2013/02/entrevista-com-adriana-manarelli.html

domingo, 15 de setembro de 2013

BIOGRAFIA DE UM ESQUECIDO

images

Sou um pobre gira-mundo
Sem destino, nem paragem
Vivo rolando no mundo
Em uma eterna viagem
Eu já nasci ao relento
Não tive maternidade.

Quando eu vim para o mundo
Sem parteira ou hospital
Foi na beira da estrada
Como nasce um animal
Nunca soube o que é Páscoa,
Papai-Noel e Natal.

Viver assim vegetando
Não tem quem tenha vontade
Pois cada dia da vida
Parece uma eternidade
Sem saber de onde veio,
Sem família e identidade.

Sou um pobre gira-mundo
Vivendo tão sem destino
Não sei como eu nasci,
Se adulto,ou menino
Eu não sei se já cresci,
Ou ainda sou pequenino.

Só sei que assim vou vivendo
Esperando minha hora
Dizem que o globo terrestre
Gira como uma bola
Mas eu é que vivo girando
Sem ter prá onde ir embora.

Meu berço foi pelo mundo
Até nem sei se sou gente
Não tive seio materno
Isso não me sai da mente
Só conheci mamadeira
Na garrafa de aguardente.

Aqui esse gira-mundo
Que não conheceu vitória
Com o corpo encarquilhado
Com fraqueza na memória
Tenta deixar registrado
Um pouco da sua história

Maria de Mello Bandeira
Santa Maria / R.S.

in: Versos Livres,nº 34

Maria costuma publicar seus poemas na publicação Jornal Santiaguenses da cidade de Santa Maria, RS .

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

DE PASSOS LEVES

quadro-oleo-sobre-tela-ost_MLB-F-4676318141_072013

"...Saí sem destino..
atravessei a porta que me trancava
e fechei os olhos  para não escolher caminhos...
De nada careço.
Não sei o que me leva.
Não sei o que me busca.

Minha bagagem é quase nenhuma...
Sonhos abandonados não pesam...
Passos escassos.
Pouca demora.
Breve estadia..."

Sonia Pallone
http://solidaodealma2.blogspot.com.br/

https://www.facebook.com/encantodaspalavras
https://www.facebook.com/pedacinhoscoloridos
https://www.facebook.com/MusicaNaoTemEpoca

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

“IX CONCURSO PLÍNIO MOTTA DE POESIAS”

POETA

A Academia Machadense de Letras (Machado-MG / Brasil) comunica a realização em novembro de 2013 de seu IX Concurso de Poesias. As inscrições encerram-se no dia 14 de outubro (2013). Para receber gratuitamente o regulamento em arquivo PDF, entre outras informações, favor entrar em contato através do e-mail: machadocultural@gmail.com

--
Carlos Roberto de Souza
(Agamenon Troyan / Poeta e Editor)
SKYPE: tarokid18
TWITTER: https://twitter.com/#!/episodiocultura
FACEBOOK: http://www.facebook.com/carlosroberto.desouza.7?ref=tn_tnmn
Minha revista: http://www.youtube.com/watch?v=WEpox-M6zyw
Fanzine Episódio Cultural : http://www.youtube.com/watch?v=5gyGLdnpuvQ
http://www.academiamachadensedeletras.blogspot.com Academia de Letras
Minhas Obras: http://www.youtube.com/watch?v=5gyGLdnpuvQ
http://www.youtube.com/watch?v=fB6T29v6KNE Banda Maverick Blues

terça-feira, 3 de setembro de 2013

MORTICÍDIO (porque hoje, o meu amor foi embora)

ZZ3D437239

a desilusão me embaça os sentidos:
- seria a Dona Morte ali, na penumbra?

caso seja, aceito a visita
- leve-me para o nada
para sua escuridão aconchegante
em um último abraço de mãe

mas saiba
resta-lhe apenas um corpo seco
oco
sem mim

pois eu
eu sou uma outra

sou quem renasce a cada dia
em mim
sem memória de si
etérea
(amortecida já, pelo amor que lhe cruzou)

Curiosa

Texto de 'Curiosa' - postado no blog - Intimidades da Curiosa - http://www.intimidadesdeumacuriosa.com/#ixzz2c0IamMEB
direitos reservados Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives
---------------------------------
Entrevista da Curiosa :
http://www.seximaginarium.net/2011/11/talksexi-com-dacuriosa.html?zx=c9143c02b44c8cf