sábado, 23 de maio de 2015

É NA BAHIA QUE SE INICIA A CULTURA BRASILEIRA



É na Bahia, e sob o signo do Barroco, que se inicia a história da cultura brasileira,com o Colégio de Artes,no século XVI.  Circunstâncias favoráveis permitiriam o crescimento duma grande capital e criaram o clima para o florescimento duma cultura humanística, cuja contribuição à evolução do pensamento brasileiro é de inestimável valor.

O que se deve assinalar entre as características marcantes dessa cultura é a participação do povo, sobretudo no domínio das artes: ao lado da literatura e das artes eruditas, criou-se uma rica arte popular, através dos poetas e cantadores de feira, improvisadores e repentistas, santeiros, ceramistas pintores, talhadores, gravadores, etc... 

O primeiro sintoma desse processo cultural é a chamada escola baiana do século XVII, grupo de intelectuais que constitui a primeira manifestação cultural feita por brasileiros,ou estrangeiros educados no Brasil. 

Vieram depois as academias ( "Esquecidos", 1724,"Renascidos",1759), os teatros,as bibliotecas e gabinetes de leitura e de tudo isso resultou o aparecimento de poetas,oradores,historiadores,gramáticos e professores,dos mais ilustres em suas épocas( Gregório de Matos, Frei Vicente do Salvador, Padre Antonio Vieira, Castro Alves, Carneiro Ribeiro, Rui Barbosa, entre outros) 

( fonte: Dicionário de Literatura,direção de Jacinto do Prado Coelho ( da Academia das Ciências e da Faculdade de Letras de Lisboa), 3ª edição, 1979, Figueirinhas/Porto ) 

Ilustração: Carybé :...

domingo, 10 de maio de 2015

LIMITES















Ultrapasso limites nos poemas
que invento. Ignoro
meridianos e paralelos. Busco
em ilhas de memórias um sol
que nunca se põe

Touché

Touché é o editor deste blog. Também sou editor do fanzine Versos Livres,Guarulhos/SP.
Ilustração : Margritte, René. A saudade da Terra,1940. Le mal Du pays.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

VERSOS LIVRES, Edição nº 01
















A primeira edição da publicação Versos Livres, trazia, entre outros, poemas dos guarulhenses Hilton, Castello Hanssen, José Manuel Viveiros, Ibrahim Khouri , além de um poema meu e letras de música. 

O poema "Progresso", do livro "Eu Só,Você Sò" , Editora: Parma, consta dessa edição. 

-

PROGRESSO
Ibrahim Khouri











Isto se chama progresso ?
Concreto pelo caminho,
Todos seguem sozinhos
num viajar sem regresso;

Progresso nas águas dos rios
Junto a ganância dos homens
E os pobres de bolsos vazios ?
Não podem amenizar sua fome ?

Progresso num sinal de fumaça
É a guerra das chaminés
O ser humano é caça
Senão, afinal, o que é ?

Isto se chama progresso ?
há algo tão desumano ?
Na revista veio impresso :
o Computador é o Homem...
do Ano .. 

Guarulhos, SP 

Ilustração:Cássio Leitão Camarero e Roberto Ploeg 

Download da edição um do fanzine em 
http://minhateca.com.br/touche.sp/Documentos/FANZINE+VERSOS+LIVRES/versos+livres+um,261700185.pub